O papel das sinalizações para a redução de acidentes em uma empresa e diferenciação por cores

Home › Blog

Afinal, sinalização reduz acidentes? Essa é uma pergunta fundamental, no entanto, para chegar exatamente na resposta é importante saber qual é a forma para medir a eficiência das sinalizações.

Para que a sinalização seja eficiente é fundamental fazer um bom mapeamento dos lugares onde devem constar as indicações de perigo, elas devem ser dispostas de forma simples e clara, para que as pessoas possam compreender rapidamente como se proteger em um determinado ambiente.

Com relação às formas de aplicações, devem utilizar sinais e ilustrações (desenhos) já conhecidos, agrupando-os coerentemente, mantendo os colaboradores ligados aos alertas com sons, fitas, correntes, cones, placas, cartazes, dentre outros.

Quando esses fatores são considerados, o papel das sinalizações passa a ser muito relevante tendo como o seu maior indicador, a ausência de riscos e acidentes em ambiente com circulação de pessoas seja em área pública ou industrial.

Esse assunto é amplo e repleto de detalhes. Um deles diz respeito ao uso das cores nos ambientes.

NR 26

Existe uma norma específica que regulamenta as cores. A NR 26 estabelece a padronização de como é possível comunicar aos trabalhadores com relação às medidas preventivas.

São regras universais, independente da empresa, no entanto, a estratégia dos lugares de exposição devem ser específica.

Com relação às cores, vale a pena manter o tema em dia:

Vermelho

A cor vermelha nos remete aos aparelhos de combate e extinção de  incêndio. A aplicação da cor vermelha é utilizada para aparelhos de combate a incêndio, alarme em barricadas, cercas de edifícios e outros obstáculos temporários. Os botões de disjuntores de parada de emergência também fazem parte do escopo.

Amarelo e Laranja

Interessante observar que a cor amarela é utilizada como sinal de perigo. O vermelho é menos visível quando comparado às cores amarelo e laranja. Por esse motivo essas duas cores têm o significado de alarme.

Amarelo

Mais especificamente, o amarelo é usado para indicar cautela, alertando para riscos de tropeço, bater a cabeça e acidentes com equipamentos móveis e veículos.

Nas caixas e quadrados com o fundo amarelo são usados normalmente para melhorar a visibilidade da sinalização.  

 

Branco

O branco é utilizado em zonas de segurança, a exemplo de passadiços. Também é utilizada em caixotes de lixo e bebedouros. No caso da delimitção das áreas em redor de salvamento, a cor branca é utilizada por  bombeiros e em outros equipamentos de salvamento, instalações de armazenamento e zonas de segurança.

Preto

A cor preta é aplicada em tubos de combustível altamente viscosos e inflamáveis, a exemplo de
asfalto, óleo combustível, óleo lubrificante, resina, etc.


Verde

Já o verde é a cor da segurança com aplicação em caixas de equipamentos de resgate, caixas de máscara de gás, canos de água, chuveiros de emergência, macas, lava-olhos, mangueiras de oxigênio e outros dispositivos de segurança.

Laranja

Por ser mais visível, a aplicação do laranja se dá em tubos contendo ácidos, interiores de máquinas e proteções que podem ser abertas ou removidas, em partes móveis de máquinas e equipamentos, interiores de caixas de proteção para dispositivos elétricos, exteriores de polias e engrenagens, gatilhos de segurança, dispositivos de corte. . , cortadores de borda e prensas.

Púrpura

Cor que indica o perigo de penetração de radiação eletromagnética de partículas nucleares. Deve ser usada, por exemplo, nas portas dos locais onde os materiais radioativos são armazenados.

 

Cinza

Cinza claro é usado para linhas de vácuo e cinza escuro para condução.

Por fim, o uso de cores é essencial para a rápida identificação de determinados produtos químicos nas tubulações, permitindo uma resposta oportuna a emergências. 

Conheça as soluções de sinalização de segurança da Cooperaras e evite riscos e acidente em sua empresa.

Sobre

A Cooperarts industrializa e comercializa a mais completa linha de materiais metálicos e não metálicos, tais como chapas e bobinas de Alumínio, Aço Inox, Cobre, Latão, Bronze, Acrílico, Acetato, PVC, Poliestireno, Policarbonato Cristal e Texturizado ,Void, Vinil e Papel com e sem adesivo.

Contatos